Dia dos avós- uma singela homenagem á aqueles que tanto nos amam

Assim que descobri que dia 26/07 é o dia dos avós, não pensei duas vezes para fazer este post homenageando-os.

A minha relação com os meus avós é muito boa, eles são como pai e mãe pra mim com bônus de mimação nível hard!!!

Porém, hoje em especial, quero homenagear o meu avó Zé que desde 2011 não está mais entre nós!

Continue lendo “Dia dos avós- uma singela homenagem á aqueles que tanto nos amam”

Sobre a “Era troco likes”: Vale mesmo a pena se estressar na internet?

É possível acompanharmos todos os dias diversas situações na internet onde confusões sem sentido são desencadeadas e vence quem lacrar mais ou mais rápido sobre o tema em questão. Mesmo que não seja algo que a pessoa acredita, ela busca brigar dentro dos muros da internet por saber que no final da história ela vai ter seus likes pra contar no fim do dia.
Qual o propósito disso? Mudar quem tu é por conta de uma possível visibilidade momentânea que o teu discurso (muitas vezes equivocado) pode causar em quem por ventura se interessar em parar o que está fazendo pra te ouvir gritar em caps lock? Então tá.
Acho que todo mundo já esteve dos dois lados dessa história em algum momento da vida e seria muita hipocrisia afirmar que algumas pessoas já nascem com suas almas lindas, plenas e desconstruidíssimas desde o primeiro segundo aqui na Terra. Ao mesmo tempo que não faria sentido algum bater o pé e falar um “eu sou assim mesmo, sei que estou errada, mas não ligo e que me aturem”. Calma lá.
Primeiro que isso é popularmente conhecido como a “síndrome de Gabriela”, pois, “eu nasci assim, eu cresci assim e sou mesmo assim, vou ser sempre assim, Gabrieeela” e, em segundo lugar, isso te impede de evoluir na vida. Pense em como você era há 5 anos. Nas discussões que se meteu ou que criou dentro da tua cabeça por motivos tais que hoje tu nem te lembra direito. As opiniões que mudaram e as confusões que tu simplesmente não quis mais se envolver ou criar.
O quanto tu evoluiu de lá pra cá? Por quais assuntos realmente tu acha até hoje que valeu a pena ter dispensado tanta energia?
É realmente complicado quando a gente se depara com tantos extremos na internet, como o grupo de pessoas que acredita que todas as discussões importantes não passam de “reclamações da geração mimimi” e o pessoal que acorda com a necessidade de lacrar a todo custo, de brigar por motivos vazios e de criar discussões que nem mesmo acredita, apenas em busca de um print seguido do like perfeito.
Vamos com calma, gente. Tanta coisa que poderíamos estar resolvendo nas nossas próprias vidas com essa energia toda, você não acham? Saúde mental não se forma com likes não, acreditem.

Sobre Aquela Amizade Tóxica

Vocês se conhecem há um certo tempo. A amizade de vocês sempre foi legal. Muitas conversas e brincadeiras, horas compartilhadas, muitos assuntos e segredos confiados. Ela tem um gênio difícil de lidar, mas isso nunca foi um problema.

Certo dia você acordou se sentindo mal, precisava conversar com alguém, ninguém ouvia, mas sua melhor amiga ouviria. Você a procurou, ela ignorou totalmente. Tudo bem, ela devia estar ocupada, isso não era um problema.

Quando você conheceu aquele grupinho novo, eles eram legais, mas ela sentiu que não eram boas amizades. A intuição dela nunca falha, não é? Melhor se afastar, olha como são falsos! Ela tinha razão. As fotos do fim de semana em que ela estava junto, que tristeza, por pura educação, ela nem tinha como sair de perto deles.

Ela sempre se destaca, chama mais atenção, é mais querida nos círculos de amizade, e sempre fala sobre o quão tímida e sem graça você é. Mas tudo bem, ela é sincera, é o jeito dela. Isso não é um problema.

Você sempre teve muitos amigos, mas ela não gosta quando você a deixa de lado para falar com eles, ela fica chateada, não gosta de pensar que está sendo trocada. O que você fez? Claro, deixou de falar tanto com essas pessoas, afinal, ela é sua melhor amiga. Não há nada de errado em preferir a companhia dela. Isso não é um problema.

Vocês discutiram esses tempos, você estava chateada com ela, mas para quê? Bobeira da sua cabeça. Você sempre inventa alguma coisa, você está errada, entendeu errado, você nunca entende as coisas. Ela está certa de novo, mas tudo bem, você é um pouco exagerada mesmo. Não tinha motivos, não é?

Aparentemente você está sempre errada, ela não faz por mal, é você quem não colabora. Você vive se adaptando aos gostos e opiniões dela, deixando para trás pessoas, gostos e opiniões, afinal, para uma amizade funcionar, vocês precisam se dar bem… Será?

Talvez não. Uma amizade onde só um sempre aceita, cede, muda e obedece, não é amizade. É apenas mais uma relação humana extremamente tóxica. Pense mais em você. Você não está sempre errada, talvez esteja apenas com a amizade errada. Olhe em volta, quanto de você ficou para trás por alguns simples momentos de conversa? Existem pessoas incríveis esperando sua amizade. Dê uma chance a elas.

Somos todas “Mulheres Maravilhas”

O mês de junho já começou especial pela tão aguardada estreia de Mulher Maravilha, uma heroína forte, destemida, independente e invencível… Assim como todas nós. Sim, você leu certo, assim como todas nós, meninas e mulheres reais, do dia a dia, guerreiras, poderosas, incríveis, Mulheres Maravilhas!

Crescemos ouvindo que somos frágeis, inferiores, dependentes, submissas. As historias infantis mostram príncipes salvando princesas, os símbolos de força são masculinos, os grandes nomes são de homens, o poder é masculino. Mas será que precisamos mesmo de heróis e príncipes na vida real?

Definitivamente não! Assim como Diana de Themyscira não precisa de nenhum homem para ser a heroína que é, você também não precisa. Você é forte o suficiente para ser quem e o que quiser, você é muito mais do que te dizem ou julgam.

Você com certeza já ouviu aquela tão repetida frase: Fight like a girl! (Lute como uma garota!) E eu te digo que sim, lute como uma garota, pois essa é a maior expressão de força possível. Lute como uma garota, vença como uma garota, a garota forte que você é!

Você é forte, você é capaz, você pode vencer e chegar onde quiser, e não há homem ou sociedade que irá impedir! Lute como uma garota, e seja a sua própria heroína. Mostre ao mundo a Girl Power que existe dentro de você.